Angola favorece concessão de crédito para projectos com recurso a matéria-prima nacional

As futuras linhas de crédito de apoio ao investimento em Angola vão concentrar-se em projectos do sector produtivo com recurso às matérias-primas do país, disse recentemente um técnico do Ministério da Economia e Planeamento.

Laércio Cândido prestou esta informação quando dissertava na mesa redonda sobre “Mecanismo de financiamento à indústria”, na Expo-Indústria e Projekta, que decorreu na Zona Económica Especial (ZEE) Luanda/Bengo, segundo a agência noticiosa Angop.

O técnico adiantou que o programa Angola Investe, que foi extinto, irá dar ser substituído por um outro mais orientado e específico, que pretende corrigir algumas falhas do anterior, caso da exigência de grande quantidade de divisas.

Na actual conjuntura, tendo em conta à escassez de divisas, irá ser mudada a orientação central do futuro programa, nomeadamente atendendo às necessidades específicas de financiamento de cada sector.

Laércio Cândido adiantou que no contexto actual a prioridade vai também no fecho das cadeias produtivas e a maior utilização do conteúdo nacional, evitando assim aqueles que exigem maior quantidade de divisas.

O representante do Banco de Desenvolvimento de Angola (BDA), Mário de Alcântara Monteiro, disse ter o banco financiado 855 projectos, parte dos quais acabou por falhar por falta de empenho dos produtores e também por alguma insuficiência do próprio banco.

Publicação da autoria de Fonte Externa:
Macauhub
20/11/2018

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.