Angola vai ter sistema de pagamentos móveis em 2019

O Banco Nacional de Angola (BNA) pretende introduzir pagamentos através de telefonia móvel, indo para o efeito em 2019 propor nova legislação nesse sentido, informou quarta-feira em Luanda o administrador Pedro de Castro e Silva.

O administrador, citado pela agência noticiosa Angop, disse ainda ter o BNA começado a trabalhar em Março último com o Banco Mundial nesse sentido, visando a introdução de legislação que permita pagamentos móveis.

Com um contacto de telefone móvel, o cidadão poderá fazer compras ou pagamentos e transferências de dinheiro, em mercados formais e informais, mesmo sem ter conta bancária ou vinculação a um banco, precisou Castro e Silva.

O administrador do BNA disse também não dispor Angola já de um sistema de pagamentos móveis dado o banco central ter preferido concentrar a atenção em outros sistemas electrónicos de pagamento, como sejam as caixas Multibanco e dos terminais de pagamento automático.

As declarações do administrador do BNA foram proferidas à margem do VIII Encontro dos Sistemas de Pagamento dos Bancos Centrais da Comunidade dos Países de Língua Portuguesa (CPLP), que está a ser realizado pelo BNA em Luanda.

Os bancos centrais da CPLP reúnem-se periodicamente para abordar temas diversos relacionados à banca, tendo este ano abordado matérias relacionadas com tesouraria e estatística, estando agora a debater sistemas de pagamentos.

Participam no encontro representantes dos bancos centrais de Angola, Cabo Verde, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste e a Autoridade Monetária de Macau.

Publicação da autoria de Fonte Externa:
Macauhub
29/11/2018

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.