Parceria anglo-angolana abre fábrica de bebidas espirituosas em Angola

A empresa angolana Refriango e o grupo britânico Diageo associaram-se para investir 6,2 milhões de dólares em Angola numa fábrica de bebidas destiladas, quarta-feira inaugurada, escreveu a imprensa local.

A fábrica foi construída no Complexo Industrial da Refriango, no Kikuxi, tendo uma capacidade diária para produzir três mil caixas de 12 garrafas de 0,75 litros ou 27 mil litros.

O director-geral da Diref, designação atribuída à parceria em partes iguais, Edgar Sousa, disse que 75% da matéria-prima para a produção de bebidas espirituosas será adquirida em Angola, sendo os restantes 25% importados, estando previsto que dentro de três anos a participação angolana aumente para 90%.

O responsável disse ainda que a produção será para consumo local não estando prevista a exportação, atendendo a que a Diageo distribui as suas marcas em mais de 40 países africanos, com destaque para a República Democrática do Congo, Zâmbia, Namíbia, Gabão e Gana.

A nova fábrica irá, numa primeira fase, produzir algumas das marcas internacionais da Diageo, distribuídas em Angola pela Refriango, como a vodka Smirnoff, o gin Gordons e o whisky Black & White, em embalagens de vidro, PET (garrafas de plástico reciclável), lata e outros formatos inovadores.

Publicação da autoria de Fonte Externa:
Macauhub
29/11/2018

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.