Angola prepara concurso para a concessão de blocos petrolíferos

O governo de Angola está na fase final da preparação do processo do primeiro concurso em cerca de oito anos para a concessão de blocos para exploração petrolífera, disse em Tóquio o ministro dos Recursos Minerais e Petróleos.

Diamantino Pedro Azevedo disse ainda à S&P Global Platts que a estratégia para a concessão de blocos tanto em terra como no mar deverá ser aprovada em breve, tendo acrescentado que essa estratégia não estará limitado ao próximo concurso mas será válida para o período de 2019 a 2025.

“A estratégia incluirá blocos em terra e no mar nas bacias dos rios Congo e Cuanza e no Namibe”, precisou o ministro.

O ministro dos Recursos Minerais e Petróleos escusou-se a avançar com uma data para a realização do novo concurso, “uma vez que está dependente da aprovação do documento de estratégia.”

No decurso de um seminário sobre investimento em Angola realizado sexta-feira na capital japonesa, Diamantino Pedro Azevedo solicitou às empresas japonesas do sector que participem no próximo concurso.

As empresas e grupos japoneses actualmente envolvidos na exploração petrolífera em Angola são a Inpex Corporation, Mitsubishi, Japan Petroleum Exploration Co., Ltd. e Taiyo Oil.

O novo concurso a ser lançado por Angola surge numa altura em que a produção petrolífera do país está em declínio devido a problemas técnicos e operacionais, bem como ao esgotamento de alguns poços, além da falta de novos investimentos no sector.

Publicação da autoria de Fonte Externa:
Macauhub
14/12/2018

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.