Presidente da República reafirma regresso de dinheiro desviado em paraísos fiscais

Presidente da República, João Lourenço, qualificou ontem como “chocante e repugnante” o conteúdo do relatório da Comissão Multissectorial criada para identificar os investimentos privados feitos com fundos públicos apresentado em Conselho de Ministros.

João Lourenço garantiu que o Executivo está em condições de, nos próximos dias, de accionar os mecanismos para o Estado reaver o património dos activos que lhe pertencem, ao abrigo da Lei 15/18, de 26 de Dezembro, sobre o repatriamento coercivo, apenas na sua componente interna de perda alargada de bens.

No discurso de abertura solene do Ano Judicial 2019, no salão nobre da Administração do Lobito (Benguela), João Lourenço reafirmou que, em virtude da acção e em beneficio de uma “elite muito restrita”, o Estado terá perdido perto de cinco mil milhões de dólares, de acordo com os resultados do relatório produzido por um grupo de trabalho multissectorial criado por Despacho Presidencial.

Publicação da autoria de Fonte Externa:
Jornal de Angola
14/03/2019

Deixar uma resposta

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.