Categoria: Consultoria

Angola deverá endividar-se em 7,6 mil milhões USD em 2020, diz Standard & Poor’s

A agência de ‘rating’ Standard & Poor’s (S&P) avisa que o País poderá emitir em 2020 dívida comercial no valor de 7,6 mil milhões de dólares, descendo face aos 8,4 mil milhões emitidos em 2019.

De acordo com um relatório sobre a emissão de dívida nos mercados emergentes, Angola deverá ter, no final deste ano, um volume de dívida comercial de 50,9 mil milhões de dólares, um ligeiro acréscimo face aos 49,5 mil milhões de dólares que registava no final do ano passado.

 

Continue reading “Angola deverá endividar-se em 7,6 mil milhões USD em 2020, diz Standard & Poor’s”

Angola é um dos países com boas oportunidades para alocar capital – Citigroup

O diretor para África do banco Citigroup espera que o volume de emissão de dívida nesta região ultrapasse os 30 mil milhões de dólares, destacando a Etiópia e Angola como boas oportunidades para alocar capital.

“Países como Etiópia e Angola, por exemplo, estão a passar por transformações que estão a criar muitas necessidades de financiamento em várias áreas e oportunidades para alocar capital”, disse Michael Mutinga em entrevista à agência de informação financeira em Nairoibi, a capital do Quénia, na qual salientou que “é uma altura excitante para estar neste continente”.

Continue reading “Angola é um dos países com boas oportunidades para alocar capital – Citigroup”

Prejuízos de empresas torna plano de privatizações em Angola “difícil de alcançar” – Economist

A Economist Intelligence Unit (EIU) considerou que o plano de privatizações de empresas públicas em Angola, que prevê a venda de 195 ativos até 2022, será “difícil de alcançar” devido aos prejuízos destas empresas.

“O progresso na privatização deverá continuar lento, e o objetivo do Governo de vender 195 ativos até 2022 pode ser difícil de alcançar, particularmente porque muitas companhias na lista dão prejuízo”, escrevem os peritos da unidade de análise da revista britânica The Economist.

Continue reading “Prejuízos de empresas torna plano de privatizações em Angola “difícil de alcançar” – Economist”

S&P piora perspetiva de evolução de Angola para negativa e mantém `rating` em B-

“A perspetiva de evolução negativa reflete a possibilidade de uma descida se o alto nível de dívida pública do Governo tornar insustentáveis as necessidades de financiamento, ou se as pressões orçamentais ou externas levarem a défices gémeos [externo e orçamental] maiores do que o previsto”, lê-se na nota que acompanha o anúncio.

Na explicação da revisão do `rating`, que é mantido em B-, ou seja, abaixo da recomendação de investimento (lixo, como geralmente é conhecido), os analistas da Standard & Poor`s sublinham que “o peso da dívida tem subido rapidamente” e apontam que “a dívida subiu de 88,6% do PIB [produto interno bruto] em 2018 para os 103% do PIB em 2019, quando estava nos 30% em 2014”.

Continue reading “S&P piora perspetiva de evolução de Angola para negativa e mantém `rating` em B-“

Moeda angolana desvaloriza para média de 524,4 por dólar em 2020 – Fitch Solutions

A consultora Fitch Solutions antevê que a moeda nacional angolana continue a desvalorizar-se durante o resto deste ano, valendo 524,4 kwanzas por dólar, em 2020, e agravando a queda para 575,8 em 2021.

“Prevemos que o kwanza angolano registe uma depreciação mais moderada nos próximos meses, quando comparado com o final de 2019”, escrevem os analistas numa nota sobre a evolução da moeda angolana nos próximos trimestres.

Continue reading “Moeda angolana desvaloriza para média de 524,4 por dólar em 2020 – Fitch Solutions”

Nova pauta aduaneira de Angola ajuda construção e manufatura – Economist

A consultora Economist Intelligence Unit (EIU) considerou hoje que a revisão da pauta aduaneira de Angola deve beneficiar os setores locais da construção e da manufatura, mas as tarifas não aduaneiras impedem melhorias mais expressivas.

“Os custos de importação mais baixos devem ajudar a estimular os setores da construção e da manufatura, que estagnaram devido à fraca economia, resultando num enfraquecimento do kwanza e numa falta de moeda estrangeira, tornando os pagamentos no estrangeiro difíceis”, escrevem os analistas num comentário às alterações à pauta aduaneira, que entraram em vigor em 29 de dezembro.

Continue reading “Nova pauta aduaneira de Angola ajuda construção e manufatura – Economist”