Etiqueta: #dividapublica

FMI aponta a quinta recessão e a uma escalada da dívida para históricos 132,2% do PIB Martins Chambassuco

A crise da Covid-19, a contracção das exportações, a alta da inflação, falta de investimentos e a desvalorização da moeda nacional são apontados como factores determinantes da evolução negativa da economia angolana.

O Fundo Monetário Internacional (FMI) reviu esta semana em baixa as previsões de crescimento da economia angolana, apontando à quinta recessão, e prevê uma escalada da dívida pública de 109,8% para históricos 132,2% do Produto Interno Bruto (PIB).

Continue reading “FMI aponta a quinta recessão e a uma escalada da dívida para históricos 132,2% do PIB Martins Chambassuco”

FMI prevê recessão este ano crescimento em 2021

A economia angolana contrai este ano 1,4 por cento, depois de ter registado uma recessão de 1,5 por cento em 2019, mas regressa ao crescimento em 2021, com uma taxa prevista de 2,6 por cento do PIB.

De acordo com as Perspectivas Económicas Regionais da África Subsaariana, um documento que, este ano, é exclusivamente dedicado aos impactos da pandemia de Covid-19, prevê também uma subida da dívida pública, de 109,8 por cento do PIB no ano passado, para 132,2 este ano e 124,3 em 2021, devido às necessidades de financiamento para suplantar a descida dos preços do petróleo e a despesa necessária para controlar a pandemia da Covid-19.

Continue reading “FMI prevê recessão este ano crescimento em 2021”

FMI prova segunda fase do programa EFF para Angola

O Fundo Monetário Internacional (FMI) aprovou no passado dia 5 de Dezembro, o pagamento de 247 milhões de dólares a Angola, no seguimento da aprovação da segunda avaliação do programa de Financiamento Ampliado (Extended Fund Facility – EFF).

Continue reading “FMI prova segunda fase do programa EFF para Angola”

Emissão de dívida pública em Angola mostra confiança crescente na economia – consultora

A consultora Economist Intelligence Unit (EIU) considerou hoje que a emissão de dívida pública por Angola, esta semana, mostrou “confiança crescente na economia do país”, mas alertou para a necessidade de gerir cuidadosamente a dívida.

“Apesar de as taxas de juro serem altas pelos padrões das economias desenvolvidas, há uma melhoria face a emissões anteriores, o que mostra uma crescente confiança na economia, que está atualmente sujeita a várias reformas abrangentes lideradas pelo Presidente João Lourenço”, escrevem os analistas.

Continue reading “Emissão de dívida pública em Angola mostra confiança crescente na economia – consultora”

Representante do FMI em Angola desvaloriza disparidade nas projeções de crescimento do país

O representante do Fundo Monetário Internacional (FMI) em Angola desvalorizou hoje em Luanda a diferença nas perspetivas de crescimento do país para 2020, de 1,2% para a organização financeira internacional e de 1,8% do Governo angolano.

Marcos Soutto, que foi hoje apresentador do tema “Navegação pela Incerteza”, no ato de divulgação do Relatório do FMI sobre as suas Perspetivas Económicas Regionais da África Subsaariana, considerou normal a disparidade numérica percentual.

Continue reading “Representante do FMI em Angola desvaloriza disparidade nas projeções de crescimento do país”

Desvalorização do kwanza está em linha com recomendações do FMI

O analista do Bank of America ML que segue Angola considerou hoje que a depreciação do kwanza está em linha com as recomendações do Fundo Monetário Internacional e sustenta os ajustamentos macroeconómicos em curso no país.

Citado pela agência de informação financeira Bloomberg, o analista Rukayat Yusuf acrescenta que a desvalorização da moeda nacional angolana, que caiu 37% este ano, significa que está mais perto do seu valor real.

Continue reading “Desvalorização do kwanza está em linha com recomendações do FMI”