Etiqueta: #Privatizações

Petróleo e pandemia deixam OGE “de pantanas”

A Economist Intelligence Unit (EIU) considerou segunda-feira que a queda dos preços do petróleo e os efeitos da pandemia da covid-19 deixaram o orçamento de Angola “de pantanas”, alertando para uma eventual reestruturação da dívida soberana.

O recente surto do novo coronavírus e a quebra de relações entre a Arábia Saudita e a Rússia fizeram cair os preços do petróleo; como os hidrocarbonetos são a principal fonte de receita fiscal de Angola, a queda abrupta dos preços, combinada com a descida dos volumes de produção, vai afetar fortemente as receitas do país”, escrevem os peritos da unidade de análise económica da revista britânica The Economist.

Continue reading “Petróleo e pandemia deixam OGE “de pantanas””

Prejuízos de empresas torna plano de privatizações em Angola “difícil de alcançar” – Economist

A Economist Intelligence Unit (EIU) considerou que o plano de privatizações de empresas públicas em Angola, que prevê a venda de 195 ativos até 2022, será “difícil de alcançar” devido aos prejuízos destas empresas.

“O progresso na privatização deverá continuar lento, e o objetivo do Governo de vender 195 ativos até 2022 pode ser difícil de alcançar, particularmente porque muitas companhias na lista dão prejuízo”, escrevem os peritos da unidade de análise da revista britânica The Economist.

Continue reading “Prejuízos de empresas torna plano de privatizações em Angola “difícil de alcançar” – Economist”

ENCONTRO COM INVESTIDORES NO DIA 6 DE FEVEREIRO

O Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE) convida os investidores interessados no processo de privatização das Unidades Industriais da Zona Económica Especial – Luanda Bengo (ZEE) a participarem numa Sessão de Auscultação ao Mercado, a decorrer no dia 6 de Fevereiro, a partir das 9 horas, no auditório das novas instalações do IGAPE, localizada no Edifício IMOB Business Tower, na Rua Major Kanhangulo (nas imediações da ex-casa nocturna Dom Quixote).

Continue reading “ENCONTRO COM INVESTIDORES NO DIA 6 DE FEVEREIRO”

Governo angolano consciente que poupança interna impede pleno êxito de privatizações

A ministra das Finanças de Angola disse hoje, em Luanda, que o executivo angolano tem consciência de que a poupança interna é ainda insuficiente para assegurar o êxito pleno do Programa de Privatizações (Propriv).

Segundo Vera Daves de Sousa, na abertura do III Fórum de Mercado do Mercado de Capitais, promovido pela Comissão de Mercado de Capitais e parceiros, o executivo angolano acredita que a reestruturação em curso do setor empresarial do Estado, a cargo do Instituto de Gestão de Ativos e Participações do Estado (IGAPE), dará um forte contributo para racionalizar o uso dos recursos públicos e para estimular a economia.

Continue reading “Governo angolano consciente que poupança interna impede pleno êxito de privatizações”

NOMEADO NOVO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DO IGAPE

Patrício Vilar é o novo PCA

Patrício Bicudo Vilar foi nomeado Presidente do Conselho de Administração do Instituto de Gestão de Activos e Participações do Estado (IGAPE) em substituição de Valter Dias Barros que foi, por sua vez, indicado para presidir o Conselho de Administração da  RECREDIT, Gestão de Activos.

Assim, fazem também parte do novo Conselho de Administração do IGAPE, além de Patrício Vilar,  Akiules de Jesus Mendes Neto e João Neto Correia José, ambos nas funções de Administradores Executivos (na foto da esquerda para a direita).

Continue reading “NOMEADO NOVO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO DO IGAPE”

Angola vai criar unidade para acompanhar projetos de investimento públicos

A Presidência da República angolana anunciou hoje que está em “processo de institucionalização” a Unidade de Monitorização dos Projetos do Executivo (UMAPE), que tem por objetivo acompanhar os projetos de investimento público.

“A futura UMAPE emerge de um despacho do titular do poder executivo, João Lourenço, com data de hoje, 04 de novembro, e será uma ferramenta fundamental no esforço para se maximizar a qualidade da despesa pública, racionalizar a utilização dos recursos disponíveis e assegurar a observância dos prazos na execução dos diferentes projetos, sejam eles de curto, médio ou longo prazo”, refere a Presidência da República angolana em comunicado.

Continue reading “Angola vai criar unidade para acompanhar projetos de investimento públicos”